Caros leitores !..

18 milhões $$ ..

Cabritismo ?.. aos seus lugares

é….muita..….….muita…….

  Conection..
Cabrito

     …desonestidade !..

 

 

O TERRENO DE TCHIZÉ NO TALATONA: FRAUDE OU FAVORITISMO ?

 

A deputada do MPLA Tchizé dos Santos tem sido virtuosa a animar debates nas redes sociais.

Bem-haja por isso !

Lamentavelmente, apesar das suas ofensivas ruidosas, Tchizé dos Santos auto-incrimina-se, ao invés de demonstrar a sua capacidade enquanto empresária e política.

Em reacção à matéria publicada pelo Maka Angola, a deputada-empresária pôs a circular provas de como obteve o crédito de 250 mil dólares $$ para a aquisição do terreno de 250 mil metros quadrados no Talatona.

Confirma ter vendido o mesmo terreno por 18 milhões $$  de dólares a uma empresa cujo nome afirma ter-se esquecido.

Pela mesma via, a deputada disseminou também a primeira página da certidão do registo predial, confirmando a Luzy Sociedade de Gestão e Negócios Lda. como detentora do direito de superfície do referido terreno.

Com esta postura e a publicação destes documentos, nada abonatórios para a sua ventilada popularidade, Tchizé dos Santos apenas contribui para a descoberta da verdade material.

Vejamos:

Higino Carneiro

A 30 de Junho de 2004, o general Higino Carneiro, na altura coordenador da Comissão Administrativa de Luanda (governador), transferiu os 250 mil metros quadrados para a posse da empresa Luzy, detida em 68% por Tchizé dos Santos.

O “direito de superfície é atribuído a título gratuito, lê-se no documento.

Por sua vez, ao Maka Angola, Tchizé dos Santos disse que tal documento “tinha erros” e que “na escritura final constou o valor pago”. Muito bem !

A certidão do registo predial menciona o valor pago pela Luzy, mas a deputada faz apenas circular a primeira página, omitindo a segunda, onde consta a data de emissão do referido documento.

Porquê ?

Divulga-se o contrato de concessão do crédito de 250 mil dólares, celebrado entre o BAI e Tchizé dos Santos. Contudo, este contrato data de 28 de Setembro de 2005.

Portanto, como enfatizaria Pepetela, o crédito foi aprovado um ano e três meses depois de o título de superfície ter sido concedido! Então, o Estado vendeu – a crédito – e ficou quinze meses à espera de ser pago ?

dois outros elementos reveladores no contrato.

Primeiro, o direito de superfície foi concedido a uma empresa, Luzy, da qual Tchizé dos Santos era sócia maioritária.

Segundo, o crédito foi concedido individualmente a Tchizé dos Santos.

Tchizé emprestou o dinheiro à empresa ? Recebeu depois o dinheiro de volta ? Com juros ? Ou misturou tudo, empresa e Tchizé ?

Tchizé é a empresa, ou a empresa é Tchizé ?

O contrato foi assinado, por parte da Luzy, pelos outros dois sócios. Trata-se dos generais Alfredo Tyaunda e Clemente Conjunto, actual e respectivamente chefe da Unidade da Guarda Presidencial (UGP) e secretário de Estado dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria.

Enquanto oficiais da presidência e sócios, também partilharam dos lucros, ou não?

Ao Maka Angola, Tchizé dos Santos “esclarece que o general Alfredo Tyaunda na altura detinha o direito de usucapião do terreno, porque havia ocupado o mesmo por mais de 20 anos, como local de pasto do seu gado”.

Então, porque é que o terreno não foi concedido a quem tinha o direito de usucapião, ou seja, ao general Tyaunda ?

Porque teve de ser atribuído a Tchizé ?

E, pelo menos nas páginas que Tchizé revelou, não há indícios de qualquer garantia bancária.

Neste caso, se não há fraude, sem dúvida favoritismo.

Como se ia emprestar dinheiro a uma jovem como Tchizé, sem qualquer garantia ?

Não conhecemos jovens que cheguem a um banco, recebam 250 mil dólares e não apresentem garantias: uma hipoteca, um depósito bancário, o aval do pai… Tchizé não terá precisado de nada.

Porquê? Certamente não seria por ser filha do presidente da República…

Pressupõe-se que, nos arquivos onde se encontram os documentos agora divulgados, também deve existir uma cópia do contrato de compra e venda firmado com a tal empresa de cujo nome Tchizé dos Santos já não se lembra.

A sua memória apenas regista o valor da venda : 18 milhões de $$ dólares. Aguardamos também, de qualquer forma, a divulgação deste documento.

É sempre impressionante como só os filhos do então presidente José Eduardo dos Santos, dirigentes do MPLA e seus círculos muito próximos, conseguem fazer estes negócios brilhantes.

Deviam abrir uma escola de negócios na Baía de Luanda, para ensinarem a todos os angolanos a sua arte de fazer negócios.

O país desenvolver-se-ia a uma velocidade extraordinária e Angola teria tantos milionários quanto cogumelos.

Acresce a tudo isto que o general Tyaunda ainda ocupa o mesmo cargo de chefe da Unidade de Guarda Presidencial (UGP), mesmo depois de todas estas trocas e baldrocas. Não paramos de nos espantar !

Saudamos, portanto, a iniciativa da deputada e o seu esforço no sentido de apresentar mais provas e nos elucidar sobre o seu brilhantismo enquanto empresária.

Aguardamos com expectativa mais esclarecimentos da deputada do MPLA.

Bem-haja pelo seu empenho !

 

22 de janeiro 2019 

Partilhe este artigo

 

O Cabritismo ?…

 

 

 

CABRITO-BIC : Chama-se Fernando Telles… apropriou-se de forma ilegal, uma fazenda de 6. 000 hectares,.. pertencente à família do Soba Silva Quinta Vunge …

ANGOLA : Juges de la Cour Constitutionnelle, et suspectés d’ exercer la profession d’avocat !.. (en catimini ?..)

ANGOLA : Tous les corrompus devront aller en prison,.. et ne pas uniquement acquitter ceux qui feront des dénonciations… – Rafael Marquès de Morais.

100% “CABRITISMO” ? : Angola diz que deve 3 BILHÕES $$..a ISRAEL ?.. ISRAEL diz que nao ?..

BANCO-CABRISTIGIO : Tchizé dos Santos “justifica origem”… de fundos para criação de banco…

SINDIKA DOKOLO : .. O…”Oligarquismo” .. “Coleciona-rismo”,.. e… e.. “Cabritismo” ?..

LEXUS_TAMOS : O..? Orgasmo dos Vampirosos ?…ou…dos…”Cabritistos” ?…

CARTA ABERTA : Ladrão não pode ser Patrão … ( E.. Patrão ?.. um “CABRITO” .?…)

MIRAMAR : .. O “Bunker” do “Cabritismo” ?..

CABRITO-PRESTIGIO : O Prestigio… do “Cabitismo” ?..

ANGOLA : La corruption « destitue et balaye… » les gouvernements,.. mais en Angola ?.. ils s’ éternisent …

CABRITO-CABRITISMO : Gatuno mau é quem não rouba bilhões,.. & gatuno (bom) é quem rouba bilhões ?..

CABRITO-FUNDO : O Juiz Presidente Rui Ferreira e a conspiracão ?.. do … “Cabritismo” ?..

Ils nous volent tout ce qu’ils peuvent,… ne laissent rien, rien et rien !…

HOJE : Cabritta nos fala sobre seu país angola !… um estado devastado pela.. Corrupcao ?.. e pelo … “Cabritismo” ?..

13 pensées sur “100% “CABRITISMO” ? : O terreno de TCHIZÉ no talatona,.. Fraude ou Favoritismo …”

Laisser un commentaire

Votre adresse de messagerie ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont indiqués avec *